AD (728x90)

Irmãos Cadeirantes Recebem Carro Para Facilitar Locomoção Em Massaranduba

Doação Foi Feita Por Empresários Locais. Antes, Família Dependia De Um Fusca, Que Não Comportava Todos Os Filhos. O último sábado foi de alegria para a família do agricultor e pedreiro Mariano Volpi. Moradores do 1º Braço, distrito rural de Massaranduba, no Norte do Estado, a família viu chegar sobre um caminhão um Fiat Doblo 1.4. Doação de empresários da região, o novo carro é um auxílio indispensável para a família, que conta com dois filhos cadeirantes e um com dificuldades para andar. Marcio, 35, Marciano, 32, e Maicon, 22, foram diagnosticados com a mesma doença, que atingiu suas pernas e parte dos braços: distrofia muscular. Dos três irmãos, dois utilizam cadeiras de rodas. Apenas Maicon, o mais jovem, consegue andar, muitas vezes apoiado no ombro dos familiares. Já a filha do casal, Leidi Regina, não tem a doença. - Até os 14 anos era tudo normal, eu trabalhava muito na roça com meu pai. Foi nessa idade que a doença começou a aparecer, pois o corpo cresce e os músculos não acompanham _ conta Marciano. O antigo carro da família também foi uma doação, de uma viúva que tinha dois automóveis. No fusca, porém, não havia espaço para todos os familiares. Mariano Volpi e sua esposa, Leonida Volpi, contam que era necessário levar as cadeiras dobráveis no banco traseiro, já que o carro não tem porta-malas. Quando viagens mais longas eram necessárias, era com o apoio do genro Osnildo que eles contavam. - Eu dava caronas ou emprestava o carro quando precisava, mas ainda ficava apertado _ conta Osnildo. Há cerca de dois meses a família decidiu-se pela compra de um novo veículo. As economias religiosamente guardadas por Leonida seriam utilizadas na entrada do investimento. Em meio aos planos, porém, Mariano contou à ideia a um colega de trabalho. A história espalhou-se e chegou à um empresário, que afirmou auxiliar com metade do valor. Pouco depois, outros empresários foram reunidos e completaram a compra do veículo. - O carro não vai mudar tanto para mim, mas para meus filhos. Antes dependíamos de outros ou de horários de ônibus. Agora podemos sair em qualquer horário e voltar quando quisermos _ sorri Mariano, lembrando que viagens semanais são necessárias para consultas médicas em Joinville e sessões de fisioterapia no centro de Massaranduba. Além do benefício do novo carro, a família ainda poderá aplicar as economias para garantir bem estar dentro de casa. Como os filhos sentem muito frio nas pernas, Leonida quer comprar um ar condicionado para os dias de inverno. Emoção e festa A entrega do carro foi uma surpresa. Mariano estava na roça quando foi chamado e foi com lágrimas que ele e sua esposa receberam o Fiat Doblo completo, que ainda terá uma rampa para o acesso das cadeiras. A emoção foi compartilhada e transformou-se em uma festa, que durou o dia inteiro. Em uma família simples e unida, Mariano e Leonida dão seu esforço para dispor do melhor aos filhos. Maicon e Marciano, por exemplo, têm uma banda, que conta com uma sala especial para os ensaios. A última grande aparição da Banda Ilhados foi na Fecarroz, feira municipal dedicada ao arroz, e eles também apresentam-se na igreja. - Eu estou na cadeira de rodas, mas não tenho limitações _ sorri Marciano. Fonte: ANoticia

Escrito por

Um blog que discutirá sobre um assunto que encontra-se esquecido por grande parte da sociedade, "DEFICIENCIA"

0 comentários:

Postar um comentário

 

© 2011/2017 Tetraplégicos Online. Todos os direitos Reservados. Siga-nos Nas redes Sociais