AD (728x90)

Disreflexia ou Crise Autonômica



Em lesões acima de T6, pode ocorrer a crise autonômica hipertensiva, também conhecida como disreflexia. Isto ocorre devido a falta de sincronismo entre a contração da bexiga e o relaxamento do esfincter no momento da micção. O processo correto consiste em contração da bexiga e relaxamento do esfincter. Caso isto não ocorra, ou seja, a bexiga contrair e o esfincter não relaxar, a pressão interna na bexiga se elevará, pois a bexiga estará contraída, tentando expulsar a urina que não sairá, devido a contração do esfincter, que desta forma estará fechado. Tais fatos, são caracterizados pelo aumento da pressão arterial, aumento dos batimentos cardíacos, aumento da intensidade da respiração, sudorese, ruborização da pele e fortes e latejantes dores de cabeça. Caso ocorra todos estes sintomas, em hipótese nenhuma poderão ser feitas as manobras de esvaziamento, pois as mesmas aumentariam a pressão interna da bexiga, agravando o quadro instalado. O procedimento a ser feito é o esvaziamento da bexiga através de uma sonda de "alívio"(sonda vesical estéril, descartável, fina e flexível), fazendo com que os sintomas desapareçam imediatamente e todo o quadro seja revertido.

Escrito por

Um blog que discutirá sobre um assunto que encontra-se esquecido por grande parte da sociedade, "DEFICIENCIA"

0 comentários:

Postar um comentário

 

© 2011/2017 Tetraplégicos Online. Todos os direitos Reservados. Siga-nos Nas redes Sociais